domingo, 5 de maio de 2013

Never Give Up

3º Temporada - 15º Capítulo




[Assim que ela saiu do banheiro, agarrei-a com força, que deixou a toalha cair no chão.
Ela disse: Você estava aqui? E me deixou chamá-lo feito boba.
Ri e disse colocando-a contra a parede: Gosto de ouvir você me chamar.]

Ela deu um riso de malícia e disse quase tocando meus lábios: Por que faz isso?
Falei apertando-a ainda mais contra a parede: Isso o que?
Ela deu-me um selinho e falou: Você sabe Bieber.
Falei engrossando a voz: Bieber não.
Ela se estremeceu de leve e disse tentando se soltar: Soa mais sexy.
Olhei-a de cima a baixo, como se estivesse analisando uma vitrine, repleta de diamantes. Meus olhos brilhavam de tanto que fitei seu corpo, pensando no que ela poderia estar pensando agora. Seu nome permaneceu calada, apenas acompanhando meu olhar. Mordisquei a ponta de sua orelha, e ela disse com uma voz tentadora: Tira, ou eu tiro.
Não precisava pedir duas vezes. Falei: Você.
Ela prendeu seus longos cabelos em um coque, com um elástico que estava em seu pulso, e permaneci segurando-a contra a parede. Logo ela ficou de joelhos, e foi abaixando a minha cueca devagar, raspando com as unhas em cada parte. atirou-a para o outro lado do quarto e colocou as mãos em meu membro. Ela apertava-o de uma maneira , como se estivesse usando aqueles objetos para tirar o estresse. Em que quanto mais você aperta, melhor é. Creio que a sensação seja a mesma, mas de uma maneira muito mais prazerosa.
Ela passou a massageá-lo com mais rapidez, o que estava me deixando completamente louco. Apoiei com os braços na parede, encostando a cabeça no mesmo, olhando-a pelo canto dos olhos. Ela parecia entretida no que estava prestes a fazer. Não tirava os olhos dali e em instantes senti um arrepio por dentro. Ela passava a língua na cabeça do mesmo, como se estivesse degustando um picolé, deu leves mordidas, fazendo com que eu deixasse escapar gemidos não muito baixos. Por que ela nunca tinha feito isso? É a melhor sensação do mundo. Essa garota quer que o prédio inteiro escute, não é possível. Ela colocou a boca no mesmo, passando a chupá-lo, como se quisesse algo em troca. Por mais que eu tentasse, era impossível abrir os olhos em uma hora como essas. A vontade de agir me consumia cada vez mais. Eu estava ficando louco. Disse seu nome em meio a gemidos, fazendo com que ela sorrisse, sem parar o que estava fazendo. Em questão de minutos, ejaculei em sua boca. Ela engoliu aquele líquido nada agradável como se fosse algo ótimo. Seu nome levantou-se e olhou-me nos olhos com um ar de ousadia.
Não sei se isso era para ser uma disputa, mas eu não gosto de perder. Esta na minha vez de causar esse tipo de provocação.
Passei a roçar meu membro em sua intimidade, fazendo com que ela usasse a parede de encosto. É uma pena que não tenha onde segurar. Puxei-a para um beijo intenso e completamente envolvente. O que fez com que eu penetrasse com meu membro em sua intimidade, em instantes. Antes mesmo de pensar em fazer algo, ela colocou as pernas em volta do meu quadril. E ainda segurando-a sem pausar o beijo, caímos na cama. Deixei-a por baixo, para que pudesse olhar em seus olhos sentindo-me superior. Passamos a mover nossos corpos como se fossem um só. Eu não conseguia pensar em nada, não parava de olha em seus olhos e ver o brilho deles. Sentia como se seus lábios estivessem me chamando. Era como se ela estivesse sorrindo pra mim, apenas com o olhar. Apoiei com as mãos na cama, e voltei a beijá-la, mas dessa vez na curvatura de seu pescoço, arrepiando-a até seus ombros. Apoiei com os joelhos na cama, apertando seus seios com as mãos, aquilo me dava tanto prazer, que não sabia ao certo o que sentia. Ela deixou escapar gemidos baixos, chamando pelo meu nome. Passei a língua em volta de sua auréola, chupando o bico, um de cada vez, com toda calma para que o tempo parasse ali. Ela segurou em meu cabelo, puxando-o com força. Beijei-a nos lábios e voltei o que estava fazendo.
Nossos beijos tornavam-se cada vez mais românticos e impensáveis. O desejo de senti-lá dentro de mim era muito maior do que eu imaginava. Mesmo sem dizer uma palavra, as atitudes dela me levavam a loucura, deixam-me em uma situação completa de abstinência. Ela arranhou meu corpo todo evitando soltar ainda mais gemidos, o que até um momento deu certo. Mordi seu lábio com força, enquanto movíamos nosso corpo numa mesma sintonia. Sentia seu coração palpitando cada vez mais rápido, minha respiração já não era mais controlada por mim, mas sim por ela.
Beijei-a por todo corpo, e ao passar as mãos em suas pernas, estava trêmulas. Ela beijou-me novamente, e deitei ao seu lado suspirando cansaço e satisfação.
Segurei em sua mão, e beijei-a nos lábios. Seu nome sorriu e passou a mão em meu cabelo, deixando-me ainda com mais sono. Soltei um dos braços, deixando-o em volta de sua cintura. Ela apoiou com sua cabeça na curvatura de meu pescoço, com uma das mãos em meu peitoral.

                    [...] Seu nome pov

''JÁ SÃO 10H PESSOAL. ACORDEM!''
Cocei os olhos e sentei-me na cama. Peguei meu celular e haviam várias chamadas perdidas da Amanda, Jasmine, da minha mãe, do Alfredo, do Niall e alguns desconhecidos. Nossa, tudo isso durante a noite ou? Apesar que, o fuso horário é uma bagunça mesmo.
Olhei para o lado e Justin ainda dormia coberto até o meio das costas. Abri a cortina, ainda deixando a porta fechada e ouvi a gritaria das fãs, chamando pelo Justin.
Peguei as roupas do chão, e deixei-as todas juntas perto da nossa mala, para que a faxineira arrumasse tudo, mas desse menos trabalho. Fui ao banheiro e fiz minhas higienes, passei uma água no rosto e separei uma roupa. Dei um beijo no rosto do Justin e falei: Acorda amor. Você tem um longo dia hoje.
Ele virou o rosto para o outro lado e disse: Mas ainda está cedo.
Falei: São 10h, não é cedo. Levante logo, estão nos esperando lá embaixo.
Justin escondeu o rosto no travesseiro e disse: Só mais 5 minutos.
Parece aquelas crianças, que acordam cedo para ir á escola e imploram mais alguns minutos para dormir.
Tomei um banho rápido e saí do banheiro com a minha lingerie rosa claro. Justin continuava deitado, dormindo novamente. Não acredito que ele não levantou até agora.
Mandei um sms para o Fredo:

''Justin continua dormindo. Se estiver aqui no quarto, faça algum barulho para que ele acorde''.

Fredo respondeu:

''Não estou no quarto, mas resolvo isso já''.

Vesti um shorts jeans curto e uma blusa cinza, com uma estampa simples. Comecei a secar o cabelo, quando a barulheira das fãs estava cada vez maior. Ouvi a voz do Fredo, acho que em um mega-fone: ''Quando eu disser Justin, vocês dizem Bieber''. ''Justin'' e as fãs gritavam feito loucas ''BIEBER''. Abri a porta que dava para a varanda, e lá estava ele, pendurado na mesma olhando para a grande multidão, com mais de 250 pessoas. ''Gritem mais alto, o Justin precisa acordar logo''.
Ri e disse: O que significa isso Fredo?
Ele disse risonho: O Justin tem que acordar, não tem?-riu- Não dou 3 minutos para que ele apareça irritado, ou pelo menos bem acordado.
Voltei para o quarto e ele continuou gritando. Justin estava sentado na cama, com um olhar irritado e disse: Sua va...
Falei: Termina a frase pra você ver.
Ele disse ainda sonolento: Você que mandou eles gritarem desse jeito?
Ri e disse: Eu? Que nada. Só falei para o Alfredo que você precisava acordar logo.
Continuei secando o cabelo, e ele levantou-se, veio até mim e deu-me um beijo no rosto. Falou: Nossa, você já tomou banho?-assenti- Que rápida.
Falei: Também, eu te acordei antes e você voltou a dormir.
Ele riu e disse: A culpa é sua.
Falei olhando pra ele: Minha? Por que?
Ele passou as mãos no cabelo e disse: Fala para elas pararem de gritar agora, porque eu já acordei e daqui a pouco apareço por lá.
Ri e falei: Vai lá falar você.
Ele soltou os ombros e disse em tom de ironia: Ah claro. Se você não se importar, eu saio nu mesmo e vou até lá.
Falei: Pode ir.
Eu sei que ele não tem coragem de ir mesmo. Justin riu e disse: Não quero mais também.
Falei: Por que você disse que a culpa era minha?
Ele disse enquanto separava sua roupa: Quem me deixou exausto desse jeito, foi você.
Arqueei as sobrancelhas e disse: Você fala isso como se eu não estivesse exausta.
Justin disse: Pelo menos não é o que parece.
Falei: Você também não parece.
Ele disse ao entrar no banheiro: É porque eu sou bom.
Revirei os olhos e fui até a varanda. Gritei para o Fredo: ELE JÁ ACORDOU.
Alfredo assentiu e gritou o mesmo no megafone. Voltei para o quarto e terminei de secar o cabelo.
O Justin tem que sair logo, estou morta de fome e se eu for sem ele, já viu.
Mandei um sms para a minha mãe:

''Umas 14h estaremos aí para o almoço mãe''.

Ela respondeu:

''Só vocês dois?''

''Acho que sim''.

Logo o Justin saiu do banheiro com um shorts preto e vestiu uma camisa vermelha. Seu vans vermelho nos pés e penteou o cabelo, e logo se perfumou.
Falei: Podemos ir logo? Estou morta de fome.
Ele assentiu e disse: Que horas iremos para a sua casa?
Dei os ombros e falei: Umas 14h, eu acho. Vai querer ir onde tanto?
Ele me abraçou forte e disse olhando-me nos olhos: Tenho 3 entrevistas em 20 minutos, então teremos que tomar o café da manhã e correr para a rádio. Depois iremos para a sua casa e durante a tarde você me leva para conhecer mais a cidade.
Concordei e dei um selinho nele, que beijou-me e disse: Reclama que está morrendo de fome, mas fica enrolando.
Empurrei-o para trás e falei ao abrir a porta: Não beijo mais também.
Ele correu, abraçando-me por trás e beijou-me no pescoço.
Soltei-me dele e falei: Sai. Peguei minha bolsa e saímos do quarto. Os 12 dançarinos passavam pelo corredor, todos conversando ao mesmo tempo e Justin foi falar com eles. Chamei o elevador e entramos em 7 pessoas. Carlena disse: Só uma dúvida. Que horas vocês foram dormir ontem?
Eu e o Justin nos olhamos surpresos e ele disse: É...Umas 2h, eu acho. Por que?
Ela riu e disse: Só curiosidade.
Que vergonha. Não falei mais nada até que chegássemos no primeiro andar. Justin foi cercado por fotógrafos e pessoas da imprensa fazendo perguntas. Dustin veio até nós assim que nos viu e disse: Está impossível sair desse hotel, em menos de 20 minutos.
Justin disse: Mas e as minhas entrevistas?
Dustin olhou no relógio e disse: Está impossível de sair daqui agora, tem muito mais pessoas do que imaginávamos.
Ele deu os ombros e disse: Eu me viro. Chegaremos nessa entrevista no horário, você vai ver.
Nos sentamos na mesa com a Allison, Jamaica, Fredo, Kenny e Scooter, enquanto os outros foram para o outro lado do restaurante.
Falei: Até quando você ficaram no Brasil?
Scoot disse: Provavelmente, iremos embora em 12 dias.
Fredo disse: Dá tempo para descansar, não dá?
Allison disse: Com certeza! Ouvi falar que em Belo Horizonte tem vários lugares ótimos para relaxar. Ficaremos 3 dias lá,e será apenas um show.
Justin disse: Apesar que, não será tão cansativo toda essa viagem. São duas semanas aqui, com 8 shows. Teremos vários dias de folga.
Kenny disse: Mesmo assim, temos que tomar cuidado com os hoteis em que ficaremos hospedados. Tem muito mais fãs por aqui do que na última vez em que viemos. É impossível sair na rua sem ser cercado por pelo menos 10 pessoas de uma vez.
Falei: O problema são os paparazzi. Eles me seguem até a minha casa.
Justin disse: Sua casa nada, você mora comigo, na Califórnia.
Revirei os olhos e falei: Você entendeu o que eu quis dizer.
Fredo disse: Temos que nos dividir muito com relação a isso. Por exemplo, agora que o Justin vai para a entrevista, não podemos ir todos de uma vez.
Scoot disse: Ele vai em um carro com dois seguranças e a Seu nome. No outro vou eu, o Kenny e você Alfredo. Os outros não precisam ir, só gera mais tumulto.
Jamaica concordou e disse: É melhor assim. Eu estava pensando em fechar o Cristo Redentor, para amanhã. O que acham?
Falei: Vale a pena. Lá é lindo.
Justin concordou e disse: Por mim está ótimo. Sendo depois das 8h.
Todos riram e Kenny disse: Não seria tão cedo assim. Se quiserem eu resolvo isso ainda hoje.
Dustin passou por nós e disse: Podemos ir?
Assenti e falei: Teremos que sair pela porta principal?
Ele assentiu e falou: Não. Nós três iremos para o estacionamento, os outros passarão pela porta.
Fomos para o estacionamento, que por sorte estava vazio e entramos no carro. Dustin foi dirigindo e o outro segurança foi ao lado. Fui deitada no colo do Justin durante o caminho, e ele acenou para os fãs, abaixando os vidros e tirou algumas fotos. Muitos não perceberam que eu estava ali, deitada praticamente escondida. Porém não era essa minha intenção.
Chegamos no local da entrevista, e Justin tirou várias fotos com fãs, deu-lhes atenção enquanto entrei correndo acompanhada do Fredo.
Falei: Você vai almoçar em casa hoje?
Ele deu os ombros e disse: Acho melhor não. Já que eu e sua irmã não temos mais nada, não pega bem.
Falei: Isso não tem nada a ver.
Justin entrou na sala de entrevista, e todos nós ficamos do lado de hora. Assistindo ao vivo. Fredo tirava fotos enquanto eu mexia no meu celular. Estava conversando com o Thomas e a Amanda. Combinamos de nos encontrar assim que eu chegar em São Paulo com o Justin.

[...]

Almoçamos na casa dos meus pais, e meu pai passou um tempo conversando com ele. Só não sei sobre o que era, não me deixaram ouvir uma palavra sequer.
Minha mãe ficou vendo tv comigo e disse: Você vai para São Paulo com o Justin?
Falei: Sim. Daqui 3 dias, e depois iremos para Porto Alegre.
Ela disse: E depois de Belo Horizonte, você vai voltar para a Califórnia com ele?
Dei os ombros e falei: Não sei. Ainda penso muito sobre isso...Eu gostei de uma faculdade aqui, de fotografia e outra para ser modelo. O que acha?
Ela disse: Eu acho que as faculdade daqui são ótimas, mas se você tem a oportunidade de tentar algo fora, seria melhor.
Concordei e falei: É nisso que eu penso. Bom, vou ver. Talvez eu volte para cá daqui um tempo.
Ela riu e disse: E eu que pensei, que a Megan por ser mais velha seria a primeira a sair de casa, literalmente.
Falei: Ela saiu! Mas voltou-ri-.
Minha mãe disse: O resultado do seu exame, está para sair no dia em que você for para São Paulo.
Falei: Ainda não esqueceu essa história de exame mãe? Não deve ser nada demais. Eu só tenho dores de cabeça quase sempre, mas é devido o estresse e só.
Ela disse persistente: Sei disso, mas mesmo assim, quero que saia esse resultado logo. A Megan também fez.
Justin veio até nós e disse: Amor, me leva até a vista chinesa?
Concordei e falei: Sim, mas é meio longinho daqui.
Estiquei as mãos, para que ele me levantasse e falei: Mais tarde estarei de volta, tá mãe?
Ela concordou e me abraçou. Justin fez o mesmo e disse: Obrigado pelo almoço Márcia, estava tudo muito bom.
Ela sorriu e disse: Imagina. Sabe que sempre será bem vindo aqui Justin.
Fomos para o carro, e em questão de segundos fui cercada por paparazzi. Eles tiraram várias fotos do Justin, que sentou-se ao meu lado, deixando que eu dirigisse.
Ele ligou o rádio, e disse: Tem algum cd para colocar ai?
Falei: Deve ter. Por que não escuta a rádio normal?
Ele riu e disse enquanto vasculhava o porta-luvas: Não entendo nada que eles falam.
Falei: Você tem que aprender o português logo amor. Vou começar a falar só na minha língua com você, vamos ver no que dá.
Ele disse: Não faça isso, eu não entendo quase nada.
Ri e comecei a falar em português: Onde você quer que eu te leve mesmo?
Ele arregalou os olhos e disse: Para de falar em português, não consigo te entender.
Falei ainda em português: Por que? É tão difícil entender?
Ele colocou as mãos na cabeça e disse: Para com isso.
Falei: Parar com o que?
Ele suspirou e disse: Agora eu estou curioso para saber o que você está falando.
Falei ainda em português, deixando-o confuso: Não estou falando nada demais.
Ele disse ao colocar seus óculos de sol: Se você continuar falando assim comigo, vou passar a falar Francês com você. Aí eu quero ver como vai ficar.
Dei os ombros e continuei: Pode falar, eu não ligo.
Ele franziu a testa e disse algo em Francês, que era impossível de entender.
Parecíamos dois idiotas, cada um falando em um idioma, que ambos não entendiam. Ri e disse: Chega.
Ele falou: Ah, agora você quer parar, não é?
Assenti e dei um selinho nele. Entramos na pequena estrada, e ao chegar na vista chinesa, haviam menos de 20 pessoas. Demos sorte de não termos sido seguidos. Estacionei um pouco distante, e ao descer do carro ele disse: Aqui é bem longe mesmo.
Puxei-o pelas mãos e falei: Vem ver a vista, é muito bonita.



Fomos até a frente, ao lado das pessoas que pararam para vê-lo, e apoiei com os braços na beira. Ele disse: Esse lugar é incrível. Tirei uma foto dele lá, e ele fez o mesmo.
Justin chamou uma garota, deveria ser adolescente e disse: Você pode tirar uma foto nossa, por favor?
Que irônico. Justin Bieber pedindo para uma ''fã'' tirar uma foto sua com a namorada. A garota sorriu, e disse: O que você disse?
É, ela não entendeu. Traduzi e ela logo tirou a foto. Pediu uma foto com o Justin e logo foi embora.
Nos sentamos nos bancos de frente para a vista, e ele disse: Podemos vir aqui de noite, o que acha?
Concordei e falei: Quase não tem pessoas aqui á noite, seria uma boa.
Ele deu-me um selinho e disse: Gostei desse lugar.
Olhei ao redor, e várias pessoas estavam nos olhando. Notei que algumas delas estavam tentando nos fotografar ao beijos. Sussurrei: Melhor pararmos, querem tirar fotos nossas.
Ele disse: Qual o problema? Todo mundo sabe que eu te amo, e você me ama.
Sorri e coloquei os braços em volta de seu pescoço. Ele me beijou e disse entre vários selinhos: Já te disse para parar de passar batom forte quando estiver comigo.
Ri e falei: Esse não é forte.
Ele disse passando a mão na boca: Imagina se fosse. Deixou-me todo marcado.
Passei a mão em volta de sua boca, tirando as marcas do batom e falei: Pronto Justin, sem marcas.
Ele deu-me um selinho de leve e falei: É assim então? Quando eu estiver de batom, você não me beija?
Ele fez que não com a cabeça e disse: Era brincadeira. Eu não ligo para isso.
Passamos alguns minutos conversando, Justin tirou várias fotos da vista e assim que as pessoas começaram a ir embora, fomos no embalo e voltamos para o carro.
Falei: E agora, para onde você quer ir?
Ele disse: Você já morou aqui, me leve para algum lugar legal.
Falei ao ligar o carro: Vou pensar.
Meu celular começou a tocar, e falei: Liga no viva-voz, por favor.
Ele ligou e ficou segurando para que eu pudesse falar.

                     -Ligação-

-É a Seu nome?
-Sim, quem está falando?
-É o Chaz.
-Ah sim, e ai Chaz. Como andam as coisas?
-Tranquilas até, e com você? Fiquei sabendo que está no Brasil com o Justin.
-É, estou.
-Só te liguei, para perguntar se você se encontrou com a Alli.
-Aquela loira? Claro que não, por que a pergunta?
-Sorte a sua. É que ela comentou comigo, que iria para o Brasil ontem, mas não sei se ela está aí no Rio ou em São Paulo.
-E por que ela veio pra cá?
-Essa é uma boa pergunta. Ela é modelo, então provavelmente foi para fazer umas fotos para alguma revista brasileira e dar entrevistas.

                                   Continuo com 18 comentários
                                                   
Eaiii gente, tudo bem com vocês?Esse cap ficou grande e legalzinho -ae-. Espero que estejam gostando mesmo dessa fic, pq os comentários estão me deixando tão aww <33 com vocês. Vocês acharam que ficou muito vulgar o começo? Sei lá.
tObrigada a todas que leem e dizem que essa fic é vida. Pretendo acabá-la entre os caps 30/40, não tenho certeza. Nos próximos capítulos, a história vai mudar COMPLETAMENTE. Qualquer coisa venham falar comigo. 
ps: Não adianta comentar mais de uma vez, porque eu sei quando vocês fazem isso, bj.

18 comentários:

  1. Continuaaaaa @outoftownjb

    ResponderExcluir
  2. ta perfeito..continua please @JuhStorti

    ResponderExcluir
  3. continua pf!! não faz eles terminarem não ta?? beijoos @_soutodinhasua

    ResponderExcluir
  4. Bora comentar galera ahhhhh Tô curiosa lele e agora?! Ahhhhh tá muuuito perfeito e ficou bem grande gostei,achei super legal,bjus!
    @Dudinhagarcia2

    ResponderExcluir
  5. aff essa mina é muito chata,aonde o justin vai ela vai atras.
    @fuckswagjb

    ResponderExcluir
  6. Heey diwa , seguinte, lembra da @minadofredos.??? Soy yo lol mudei de user ok ? Me avisa nesse agr.pfvr » @takeyoubiebez «beeeeijos

    ResponderExcluir
  7. aaaaah , perfeito capítulo , amei

    ResponderExcluir
  8. Perfeito! Tomara que mude e fique perfeito igual esta né. Bjos pfto como sempre continua logo hein!!!

    ResponderExcluir
  9. Ta perfeito continua!!

    ResponderExcluir
  10. Letiis , sua ib é perfeita , mds ;; Minhas amigas beliebers , sempre leem , recomendei pra elas e elas estão adorando ! Sua criatividade é o maximo , parabéns !

    ResponderExcluir
  11. Continua amor
    Ta perfeito

    ResponderExcluir
  12. Pleasee continua logoo

    ResponderExcluir
  13. Que garota mais vadia cara
    Continuaa

    ResponderExcluir
  14. Continuaa
    Faz a 4°temporada

    ResponderExcluir