segunda-feira, 22 de abril de 2013

Let It Be

32º Capítulo


[ELE É HOMEM, E MEU PAI. POR QUE ELE ESTÁ ME PERGUNTANDO ISSO?
Permaneci quieta, e ele disse: Responda (Seu nome) Hooper, anda. Estou esperando.]

Falei em tom de ironia: Não não pai. Quando eu fui para Chicago com ele, dormimos em quartos-soletrei- COMPLETAMENTE separados, os dias que passamos juntos ele dormiu de um lado e eu de outro. NADA DEMAIS.
Ele estava boquiaberto com a minha confissão irônica. Agora eu já falei mesmo, então não tenho nada a perder. A única coisa que ele pode fazer é tentar me proibir de ver o Justin, mas ele nem esta aqui mesmo.
Meu pai parecia não saber o que dizer. Continuou olhando-me pensativo e disse: Não acredito que você me disse isso na maior tranquilidade, como se eu fosse seu amigo do colégio.
Falei olhando pra ele: Como você queria que eu falasse?
Ele disse como se fosse óbvio: Poderia ter dito que nunca pensou em dormir com um garoto que você conheceu há dois meses.
Falei: Você iria descobrir a verdade em pouco tempo.
Ele disse serio: Não acredito que me decepcionei tanto com você em pouco tempo. Nem seus amigos estão se metendo em confusões e você só faz coisas erradas.
Falei: Confusões? O que eu fiz de errado agora?
Ele disse: Você ainda pergunta? Primeiro, logo quando chegamos aqui você já começou a se enrolar com o Bieber, o que eu te disse que era errado porque ele não é uma boa influencia pra você. Segundo, essa polemica de você ter traído o seu namorado com o seu melhor amigo. Terceira, depois de tudo vocês ainda voltam a namorar e o pior, você assume que já dormiu com ele, como se disse a coisa mais normal do mundo para uma adolescente de 16 anos.
Falei: Exatamente, porque eu tenho 16 anos e sei muito bem o que eu faço. E tudo isso não foram confusões, mas sim imprevistos que deram para acontecer assim, tudo de uma vez. Você deveria agradecer por eu ter sido tão sincera.
Ele disse: Você esta na Califórnia filha. Por que não tenta focar nos estudos? Começar a trabalhar comigo, fazer novas amizades, sair com novos garotos. Você foi irônica.
Falei: Eu posso muito bem fazer tudo isso que você esta falando, menos a parte de sair com novos garotos, porque eu tenho namorado pai. Não se esqueça disso. E se eu for trabalhar com você, só ira piorar, porque tem o Anthony. E eu não gosto dele.
Ele disse indo até a porta: Então o jeito é você voltar a morar com a sua mãe.
Falei surpresa: DE JEITO NENHUM. Eu vou ficar aqui.
Ele disse já no corredor: Não se esqueça que você é menor de idade.
Suspirei irritada e sentei-me novamente, empurrando a porta com força.
Tem que ter alguém pra estragar, é incrível.
Apesar que, se pensar por outro lado meu pai foi mais compreensível do que eu esperava. Pelo menos essa parte já foi, não tenho mais com o que me preocupar, eu acho.
Peguei meu material escolar e dei uma revisada em tudo o que os professores passaram essa semana. Não posso cair nas notas, se não meu pai me deporta de vez para o Brasil.
Coloquei meu fone de ouvido e terminei de estudar pouco tempo depois.
Passei um tempo conversando com o Justin e a Keisy pelo whatsapp. Justin teve um ensaio e foi para o ônibus da turnê. Conversamos sobre hoje, as coisas que o meu pai me disse, e assuntos aleatórios.
Fiz minhas higienes e tranquei a portando quarto para que ninguém viesse me irritar.
Mandei boa noite para o Justin, que respondeu:

"Boa noite amor. Eu amo você, demais".

Nada melhor do que dormir relaxada depois de um dia como esses. Por mais que eu tentasse, não conseguia tirar dos pensamentos as nossas conversas de hoje, os melhores momentos e até mesmo a conversa com o meu pai.
Está tudo tão confuso, de uma hora para outra brigamos e terminamos pra valer. No dia seguinte ele aparece aqui e passamos a tarde no quarto, como se fossemos namorados há um bom tempo, o que não é verdade. Será que fiz a coisa certa? Quero dizer, posso ter me precipitado deixando tudo isso acontecer em um momento como esse, mas foi bom. Me sinto mais aliviada ao saber que estamos bem um com o outro.

10 dias [...]

Nada pior do que acordar ás 8h para se arrumar a tempo de entrar na primeira aula do colégio. Apesar que, não posso reclamar, no Brasil tinha que acordar duas horas mais cedo. Odeio as terças, porque ainda faltam mais 3 dias de aula, e ainda nem chegou na metade da semana.
Vesti um shorts curto e uma blusa 3/4 cor de flamingo e um vans preto. Depois do café, passei um gloss e lápis para dar um brilho e esperei a Lia terminar de se arrumar.
Todos os dias, na hora em que eu saio de casa, o Justin me manda um sms dizendo ''boa aula, eu amo você''. Estou tão feliz porque está tudo dando certo, tirando o meu pai e o Anthony, claro, porque se dependesse do Tom eu já estaria namorando o protagonista do filme dele há dias. O Vinícius então, estou polpando discussões com ele. Mesmo depois de dias, estou chateada com tudo o que ele fez assim, de uma vez só e só vem falar comigo pra dizer que quer o meu bem e blá blá blá. Enfim...Saí de casa com o meu carro e com a Lia. Vinícius iria apenas na segunda aula, porque segundo ele, sem querer acordou mais tarde. Melhor assim, ninguém merece ele reclamando da maneira como eu dirijo logo cedo. Ainda acho que ele pensa que é meu segundo pai.
Estacionei em frente ao portão principal e descemos do carro juntas. Já estava me acostumando com alguns paparazzi parados na entrada me esperando chegar, como se fosse mudar a vida deles uma foto minha conversando com os meus amigos. Isso não é nada difícil de se conseguir. Até porque, agora o Justin falou para Deus e o mundo que estamos juntos novamente e nada rolou entre eu e o Vini. Me tranquilizou bastante.
Fui direto para o meu armário e guardei a bolsa. Peguei apenas dois livros para os 4 primeiros tempos. Fiquei parada perto do refeitório enquanto várias pessoas passavam por mim conversando. Keisy aproximou-se ao lado de um garoto, era bem alto, bem mesmo. Loiro de olhos castanhos. É incrível como só tem garotos lindos nesse colégio. Se eu soubesse teria vindo pra cá bem antes.
Cumprimentei os dois e Keisy disse: Bem, esse é o Kaique. Meu irmão mais velho. Ele queria te conhecer.
Nossa, então eles são irmãos? Sorri simpática e disse: Ah sim. Muito prazer Kaique. Sou a (Seu nome).
Ele riu e disse ao apoiar com o braço no ombro da Keisy: É, eu sei-riu-. Brasileira, não é?
Concordei e disse: Isso mesmo. Você está no último ano?
Ele assentiu e disse: Sim, finalmente.
É legal eu ser a única brasileira dessa escola, me sinto ainda mais inteligente por falar uma das línguas mais difíceis do mundo. Pelo menos eu acho que sou a única daqui que falo português, fora a Lia e o Vini, claro.
Assim que bateu o sinal, fomos para a nossa sala e sentei-me perto da Keisy, na última fileira.
Ela disse: Meu irmão te adora.
Falei surpresa: Me adora? Como assim? Ele nem me conhecia.
Ela disse: Digamos que a Kaique sempre amou os filmes dirigidos pelo seu pai, então ele já sabia quem era você antes mesmo do Justin.
Falei boquiaberta: Está falando sério? Ele já sabia quem eu era antes mesmo de eu me mudar pra cá?
Ela riu e disse: Pra você ver...
A professora entrou na sala e começou a explicar matéria nova. Um tédio, mas querendo ou não, eu tinha que prestar atenção para ir bem nas provas.

[...]

Saí da escola um pouco mais cedo, terminei as tarefas e fui liberada. Fiquei no carro esperando bater o sinal para a Lia vir.
Ouvia música alta com os vidros fechados e o carro trancado, para que ninguém abrisse a porta do nada.
Meu celular vibrou:

''Ainda está em aula? Preciso te mandar uma coisa''.

Respondi:

''Já fui liberada amor. Pode mandar''.

O que será que ele quer me mandar? Fiquei esperando ele responder, o que demorou mais de 5 minutos e nada...Será que aconteceu alguma coisa?
Logo meu celular vibrou e abri o sms, era um texto pouco grande:

''Há dias completamos um mês de namoro. Não comemoramos essa data, porque passamos por tantas discussões e desentendimentos no decorrer do nosso namoro, que acabamos esquecendo disso. Sei que não estou sendo o namorado que você esperava, mas mesmo longe eu estou tentando. Você sabe que se eu pudesse, estaria com você agora, para te abraçar e dizer o quanto eu te amo. Queria que soubesse o tamanho do meu amor por você, queria poder te dizer isso olhando nos seus lindos olhos. Estava deitado sozinho nessa cama, pensando em como seria se você estivesse aqui comigo, me fazendo rir, teimando com as coisas que eu falo e poder sentir seu beijo. 
Por mais que muitas pessoas tentem, não irão conseguir nos afetar, porque o amor que sentimos um pelo outro é muito maior e mais forte do que tudo isso pelo que estamos passando. Você é a minha garota, e nada e ninguém mudará isso. Voltarei para Los Angeles em breve, e poderemos passar um bom tempo juntos. Eu te amo muito mais do que você imagina. Tenha um ótimo dia, pensando em mim, claro. Beijos, Justin''.

Se tinha algo que eu menos esperava numa hora dessas era uma declaração do Justin. Como ele me manda isso do nada? Esse garoto é demais mesmo! Esperei alguns minutos, e assim que a Lia entrou no carro, disse: Nossa amiga, o que aconteceu?
Passei as mãos no rosto e disse: O Justin me mandou uma declaração, assim do nada.
Ela pegou meu celular e disse: Deixa eu ler.
Liguei o carro e fomos embora daquele lugar. Ela foi lendo em voz alta, tentando imitar a voz do Justin como se fosse ele me dizendo. Ri, afinal estava muito engraçado.
Paramos no semáforo e respondi-o rapidamente. Como meu pai ainda tem coragem de dizer que ele não é uma boa pessoa, e que não se importa? Ele não sabe o que diz, não é possível.
Chegamos em casa e estacionei na garagem. Entrei pela porta principal e meu pai estava sentado no sofá mexendo no celular.
Falei olhando pra ele: O que está fazendo aqui essa hora pai?
Ele disse ainda olhando para a tela do celular: Estava te esperando. Iremos almoçar fora e irei te levar até um lugar, quero conversar com você e depois iremos para o estúdio.
Falei: Conversar sobre o que?
Ele disse: Quero te dizer umas coisas sobre o seu namorado.
Arqueei uma das sobrancelhas e disse: Sobre o Justin? O que?
Ele disse: Quer ir agora?
Concordei e disse: Claro! Você me deixou curiosa.
Ele levantou-se e disse: Então vamos. Você aproveita e passa a tarde no estúdio comigo.
Fui até o quarto e deixei minha bolsa, peguei meus óculos de sol e deixei o celular no bolso. Retoquei o gloss e abri a porta que dava para a varanda do meu quarto. Rapidamente saí correndo até a garagem e entrei no carro com o meu pai. O que será que ele quer me dizer sobre o Justin?
Falei ao colocar o cinto: O que o senhor quer me dizer sobre o Justin pai? É um daqueles motivos pelo qual você não gosta dele?
Ele deu os ombros e disse: Não diria que é o motivo principal, mas pode ser considerado assim também.
Detesto quando ele faz esse mistério para me dizer algo.

                                      Continuo com 14 comentários 

Eai gente. Tudo bem com vocês? Bom, esse cap ficou muito pequeno porque estou em semana de provas e é isso ai. Espero que tenham gostado mesmo tendo ficado super bleh, o próximo será mais legal. E essa história de jelena volta, separa, volta, separa já me irritou. Deixe que voltem e sejam felizes, ou que não voltem e continuem nessa, nem ligo mais tbm. Ele estando feliz...Bom, eu não sei se vocês sabem, mas eu sou vocalista de uma banda e me apresentei ontem, cantei uns rocks aí(eca) e tal. Quem quiser ver (aqui), mas o som não está lá aquela coisa.
O blog chegou aos 300 mil de views awwwwwwwwww. 
Tenham uma boa noite, beijos.

18 comentários:

  1. MEU DEUS, CONTINUA LOGOOO!!!!7 @outoftownjb

    ResponderExcluir
  2. OOMG Segunda ?aaah deeeus do ceu to mtt curiosa continya Leets !

    ResponderExcluir
  3. ahh achei muito fofo da declaração do justin *-* ate q enfim vou descobrir esse segredo do tom. ansiosa pelo novo capitulo :)
    @fuckswagjb

    ResponderExcluir
  4. continua pleaseeeeeeeee,a declaração do justin foi muito fofa *-* to curiosa pra saber oq o pai dela vai falar...

    ResponderExcluir
  5. Perfeeeeeeeeeeeeitoo continuuue
    Oque sera que ele tem a falar do Jubs?! super curiosa
    beijinhoos :*
    C O N T I N U E . . .

    ResponderExcluir
  6. Aiii agr ele vai contttar hsushsus fikou Mtto bom *-* bjos

    ResponderExcluir
  7. continuaaaaaaaaa, pleasee tá perfeitaa
    @drewrockin

    ResponderExcluir
  8. CONTINUA!!!!! TA PERFEITA!!!!!!

    ResponderExcluir
  9. continua por favor esse é o melhor q eu leio posta mas e eu qro uma 2 temporada do Let It Be amo vc!

    ResponderExcluir
  10. nova leitora right gere 0/ amando as fics, já li tdas antes dessa e amei tdas elas *-*
    continua :)
    bjaos
    @featmccan

    ResponderExcluir
  11. pftoooooooooooo continua

    ResponderExcluir
  12. Curtem ? http://www.facebook.com/pages/Bieber-Mania/470338839711492?ref=hl ? Juro que não vão se arrepender.. Ah e Leeh, sua Ibh tá ótima, princesa. AMO TODAS ELAS *-* .. E sim, deveria ganhar o Oscar ! ;)

    ResponderExcluir